quinta-feira, 21 de março de 2013

A Vitória e a minha roupa

A Vitória (a nossa empregada) agora estraga roupa. Mas não é qualquer roupa. É só a minha. Deu-lhe para boa, portanto. Primeiro começaram a aparecer-me peças com uns buraquinhos (2 down). Depois lembrou-se de passar com o ferro por cima de nódoas que optou por não tirar (2 down). Conseguiu ainda (depois de lhe dizer que as nódoas têm de ser tiradas) pôr lixívia numa t-shirt azul turquesa que eu adorava de paixão (1 down). Agora a última foi queimar-me a manga de uma camisola (1 down). E eu não consigo ralhar-lhe. Porque ela chora e fica com um ar de arrependida. Ok, não são propriamente peças de grande qualidade, nem insubstituíveis. Mas a verdade é uma. Qualquer dia fico sem roupa. Venho em pelota trabalhar. É que, volto a lembrar, aqui não há zara.

Sem comentários:

Enviar um comentário